sexta-feira, 6 de junho de 2008

O anjo de Paul Pierce

Pierce, um lutador


Foi roubado! Claro que foi roubado. Como assim o Paul Pierce machuca o joelho, sai carregado e depois volta pra meter duas bolas de 3 seguidas pra virar o jogo para o Celtics? Devem ter dado alguma droga pra ele. E droga mesmo, não aquela água que o Jordan dá pro Pernalonga no Space Jam. Aposto que o David Stern quer que o Boston vença e nem vai fazer um anti-doping no Pierce, aliás deveriam ter levado uma enfermeira pra buscar ele lá na quadra como fizeram com o Maradona na copa de 94.

Claro que eu estou brincando, não quero deixar a torcida do Celtics brava comigo, basta a do Jazz. Mas tem gente que realmente acha que o Pierce fez um drama naquela jogada. Um colunista de um jornal de Los Angeles fez um texto sugerindo que aquilo foi até um pouco de armação do Pierce. O camisa 34 do Celtics afirmou depois do jogo que ele ouviu um barulho no seu joelho e que no começo ele não conseguia se mexer, depois ele foi literalmente carregado para fora da quadra e foi para o vestiário de cadeira de rodas. Milagrosamente minutos depois ele voltou para quadra pulando, gritando e ouvindo o tema de "Rocky" no ginásio. A torcida foi ao delírio, os jogadores do Celtics foram ao delírio e Pierce liderou a virada que não teve resposta do Lakers.

Depois o Perkins até tentou fazer algo parecido torcendo o tornozelo mas aí ele percebeu que ninguém no time, na torcida ou no céu dá a mínima pra ele. Digo no céu porque em entrevista após a partida o Pierce também disse que foi um anjo que desceu do céu enviado por Deus e que disse "Vai lá, vai ficar tudo bem, só mostra o que você pode fazer!". Em observação muito inteligente, o tal colunista do jornal de L.A. disse que esse anjo deve fumar charuto e responder por "Red Auerbach".

Seja lá o que for, fingimento, drogas, anjos ou simplesmente o Paul Pierce ser uma moça e não perceber que não foi tudo isso, tanto faz, a verdade é que esse jogo já virou um clássico das finais. Estão comparando ao jogo do Willis Reed, que nas finais de 1970 se machucou no jogo 5, não jogou o jogo 6, quando seu Knicks perdeu para o Lakers, e no jogo 7, mesmo machucado, foi à quadra. Sua entrada triunfal, quando os dois times já estavam em quadra se aquecendo, foi histórica e a torcida foi ao delírio como a do Celtics ontem. Reed foi titular e só fez 4 pontos no jogo, mas foram os 4 primeiros do time no jogo 7, o suficiente para inspirar companheiros e torcida.

Falando sobre os companheiros, os do Pierce fizeram a sua parte. O Cassell fez um ótimo primeiro tempo antes de parecer um novato apavorado no quarto período, o Rondo foi discreto mas teve uma boa partida com 15 pontos, 7 assistências e apenas 2 desperdícios de bola, e a dupla Ray Allen e Kevin Garnett foi muito bem. O Ray Allen foi o Lamar Odom do Celtics, que ora parece genial e outras vezes simplesmente desaparece do jogo, já o Garnett foi espetacular. Marcou muito bem o Gasol, dominou os rebotes e resolveu o jogo com uma enterrada em um rebote ofensivo que foi algo de outro mundo. O Garnett até passou um bom tempo errando alguns arremessos em sequência, mas soube compensar e acertar quando mais interessava. Mas alguém precisa avisar ele (ou não avisar, pelamordedeus!) que o Gasol é magricela e que ele pode partir pra cima dele, não precisa só arremessar. Bom, pensando bem faz uns 12 anos que as pessoas dizem isso pro Garnett.

Pelo lado do Lakers, a coisa foi ruim mas poderia ter sido bem pior. O Kobe parecia o velho Kobe, o que tenta resolver tudo sozinho. Não sei o que ele tem com o Celtics mas nos dois jogos da temporada regular foi a mesma coisa, com o Kobe forçando arremessos desde o começo do jogo sem sequer olhar para tentar um passe. O Phil Jackson depois do jogo disse que pediu pro Kobe olhar mais o jogo, que tinha gente livre, mas o Kobe respondeu que aqueles arremessos eram bons arremessos, que ele poderia e tem a obrigação de acertar.

Achei que o Kobe fez tudo ao contrário do que ele vinha fazendo, ele foi o bizarro-Kobe. Nos três primeiros quartos ele forçou tudo quanto era bola, tentou arremessos ridículos e, ironicamente, suas melhores jogadas foram as assistências para o Gasol. No quarto período, que é quando ele estava decidindo os jogos por conta própria, foi quando ele resolveu envolver os companheiros de time, aí foi um show de grosseria, praticamente todos os jogadores do Lakers erraram pelo menos algum arremesso sem marcação nos cinco minutos finais, os com marcação então nem se fala. Por isso que eu acho que o Kobe tem que voltar a fazer o que estava fazendo nos playoffs até agora, deixar os outros jogadores marcarem seus pontos quando a pressão é menor (alguém em algum lugar chamou o Radmanovic de "especialista em primeiro quarto", que não sei se é bem um elogio) pra ele mesmo tentar seus arremessos no período final.

Segundo o Phil Jackson, porém, o Lakers não perdeu o jogo por causa de seu ataque, perdeu por causa dos rebotes. O Celtics dominou com 46 rebotes contra 33 do Lakers, o mais decisivo aquele do Garnett no fim do jogo. Alguém tem que ensinar para o Gasol o que é o "box out", que é quando você toma a frente do seu adversário para ele não pegar o rebote. O espanhol, que fez um ótimo primeiro tempo e foi ver touradas no segundo, ficou só olhando o KG enterrar a bola e selar a vitória.

Esse jogo 1 foi ditado pelo Celtics com seu ritmo de defesa, porém o Lakers defendeu muito bem também, o tal rebote do KG que eu citei foi resultado de um arremesso forçado do James Posey no estouro do cronômetro. A grande diferença mesmo foi que o Celtics lidou melhor com a defesa forte do Lakers, conseguindo cobrar muito mais lances livres, principalmente no quarto período, enquanto o Los Angeles desperdiçou alguns arremessos sem marcação e não conseguiu ir para a linha do lance- ivre.

Agora o Celtics tem que fazer com que a empolgação da volta de Paul Pierce continue. Já para o Lakers, resta esperar que o próximo momento histórico da final seja pro lado deles, quem sabe o Kobe não entra no próximo jogo um pouco gripado?


Para quem estava vendo "A Favorita", aqui estão os melhores momentos do jogo de ontem:

3 comentários:

Diego disse...

Acho que o lakers estava com um espirito de derrotado, sei la .. o time tava apatico !! sem vibraçao, totalmente diferente daquele time que enfrentou SA. quando vi o pierce no chão pensei "BEEEM, AGORA O TITULO É NOSSO. A GENTE SEM BYNUM ELES SEM PIERCE" ai deu 1 min ai pensei "PO MELHOR ELE VOLTA PQ AI A GENTE GANHA COMO TODO MUNDO EM QUADRA E NAO TEM DESCUPA", ai ele meteu aquelas duas de tres gritei "FILHA DA PUTA" iehueiuheieuhieuh

Chupetinha bolado disse...

caralho q REBODUNK d ogarnett hein.... benzadeus!

Thiago Anselmo disse...

hsaush

Ele tava dopadão entao em!!

Mas foi um jogo limpo, bonito e muito bom de se ver!!

E hoje tem o 2° episódio!!



NBA ETC E TAL

Entrem e comentem!

http://nba-etc-etal.blogspot.com/

Abraços