segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Os melhores comerciais da NBA - parte 1

Depois de um tempinho sem posts (tá tudo parado na NBA e movimentado na nossa vida!) voltamos com um post que deveria nos render alguns dólares pelo jabá, mas não rende nenhum. Vamos mostrar, de grátis, os melhores comerciais da NBA.

Na verdade o título deveria ser "melhores comerciais envolvendo jogadores da NBA" já que nem todos são feitos pela liga ou para promovê-la, mas acho que vocês sacaram. Aqui temos uma compilação que tem comerciais da TNT, HEB, ESPN, EA Sports, Converse, Nike, Adidas, American Express, tem de tudo.

Dividi em três partes porque achei muita coisa boa. Hoje posto do número 20 até o 11, amanhã posto do 10 até o 1 e depois posto uma terceira parte especial que fica de surpresa.
E também não esqueçam de me xingar na caixa de comentários dizendo que eu esqueci desse ou daquele comercial! Simbora!


20- O bigode de Adam Morrison
Antes de entrar na NBA, quando tinha acabado de ser draftado como a 3ª escolha no draft de 2004, o Adam Morrison fez uma série de comerciais para a EA Sports divulgando o novo NBA Live. Assim como o jogo, o Adam Morrison fede, o que deixa o vídeo mais sem graça do que deveria ser.

Mas ele era uma promessa boa, é simpático e seu bigode é um dos visuais mais engraçados da NBA desde a aposentadoria do Dennis Rodman. Sem esquecer o Scott Pollard, claro.

No comercial o Adam Morrison fala sobre voltar aos grandes tempos do bigode na NBA, os saudosos tempos de Pistol Pete, Kurt Rambis e Clyde Frazier. Depois diz que na offseason vai entrar em um furgão e resolver mistérios. Genial!


Da mesma coleção: Adam Morrison diz que chorou em rede nacional e na NBA irá fazer outros chorarem. Só não disse que era de desgosto.

19- Duncan, Manu e Bowen - Yoga
Só por ser um vídeo com o Ginobili, o Duncan e o Bowen fazendo yoga já merecia entrar em qualquer lista de bons vídeos, nem precisava ser de comerciais.

A propaganda é para a H-E-B, uma empresa de alimentação que opera exclusivamente no Texas e no México, portanto esse comercial é regional. Pelo tamanho da loja imagino que o cachê nem seja tão alto, ainda mais considerando o salário que os três ganham, então não dá pra entender por que diabos eles se sujeitaram a isso, mas agradecemos.


Da mesma coleção: Dessa vez o Duncan lê um poema que é dramaticamente interpretado por Bruce Bowen e Brent Barry, que é a estrela da propaganda.

18- The Run
Comercial bem bacana da Adidas mostrando uma pelada. A pelada, claro, envolve Garnett, Billups, McGrady, Duncan, Josh Smith, Dwight Howard e até o Jordan (Farmar). O comercial é tão bem feito que até dá pra acreditar que eles realmente se encontram durante a offseason para bater uma bolinha descompromissada. Mas o vídeo vale a pena mesmo pelo diálogo entre Garnett e Dwight, onde o KG se recusa a chamar o pivô do Orlando de Superman.


Imagino que vocês tenham percebido que o rachão cheio de enterradas, dribles e jogadores fora de série acabou com o Duncan fazendo o jumper sem graça da vitória. Tem gente que não sabe brincar.

17- LeBron James canta Cindy Lauper
Essa série de comerciais com o ônibus de turistas passeando por dentro da NBA foi uma idéia fantástica mas que rendeu poucos bons comerciais. A maioria é bem sem graça e passou mais do que a propaganda do Pato Purific na AXN ou da Tec Pix no TV Fama.
O que salvou a série foi essa cena do LeBron James cantando "Time after time" com uma empolgação bem sincera.


16- Vince Carter Superstar
Ah, bons tempos em que o Vince Carter recebia até mais atenção que o Kobe. Eram enterradas fantásticas, o Raptors indo longe nos playoffs e todo mundo o colocava lá em cima como o melhor novo-Jordan que nunca será o Jordan da NBA. O tempo passou e tudo isso foi por água abaixo. A imagem de marrento que boicotou a estadia em Toronto ainda prevalece e faz um tempão que não brilha na pós-temporada. Ele só pode se conformar de ainda ter mais moral que o Iverson.

Mas lembrando os tempos do Carter como a maior estrela pop da NBA, um comercial dele salvando o dia. Hoje em dia a cena do ladrão fazendo falta de ataque ficaria boa com o Varejão.


15- Jason Kidd tudo sabe e tudo vê
Todo mundo sabe, ou deveria saber, que a melhor idéia que a American Express poderia ter para promover sua marca sempre será a de juntar o Seinfeld com o Superman. Mas tirando essa sacada fantástica, fazer comerciais com caras da NBA foi o que rendeu as melhores propagandas pra eles até agora. Tem duas na nossa lista, está é a primeira.


14- Cara de Tim Duncan
Esta é a outra. Por que outra empresa não teve a idéia de zoar a cara de bunda do Duncan antes?!?! Ele é bem humorado o bastante (embora sua cara não mostre isso) para topar qualquer coisa. Está na hora de um desses sites de poker parar de pagar o Boris Becker e colocar como garoto propaganda o único ser humano que já nasceu com uma poker face.


13- Kevin Garnett x Tim Duncan
Parece piada, mas realmente tem muitos comerciais bons com o Tim Duncan. Para a super estrela menos carismática da história da NBA ele até que fez umas coisas bem divertidas. A falta de carisma está mesmo no jogo burocrático dele. Aqui, pelo menos, só vemos o Garnett jogando.


12- As crianças podem ser más
A série de propagandas da "School of Truth" é a melhor que a TNT americana já fez. Trata de uma escola onde é dita e vista a mais pura e crua verdade. Então as crianças dão risada porque o Kidd não tem um título, do LeBron por ele não ter ido para os playoffs (a propaganda é de quando o LeBron só tinha 1 ano de carreira) e até do Carmelo não ter sido um All-Star. Além disso tem o Shaq fazendo o que todos já fizemos no banheiro da escola.

Mas da série toda, o vídeo que ganha o nosso 12º lugar é o Ron Artest mostrando que sabe rir de si mesmo.


11- Ali G x NBA
Hoje existe o Brüno e antes dele o Borat. Mas o primeiro personagem do Sascha Baron Cohen foi o Ali G. Um mano firmeza zona leste que fazia perguntas absurdas ao entrevistar celebridades ou especialistas em qualquer assunto, como o feminismo. Ali G irritou muitos entrevistados que achavam que estavam falando para programas sérios com perguntas preconceituosas e ignorantes.

Nessa série feita pela TNT ele faz a mesma coisa entrevistando caras com o Nash ("eu não entendo nada com você falando canadense"), Wade ("Quem é você? Você se vestiu assim e entrou aqui para aparecer ao lado do Shaq?") e o Richard Jefferson ("Você entrou na NBA por que é parente do Thomas Jefferson?"). A série seria ainda mais legal se tudo isso tivesse sido de verdade, com os jogadores não sabendo que seriam zoados, mas aí é pedir demais.

Abaixo um vídeo de 7 minutos com a série completa, vale a pena.


8 comentários:

Marão Caetano disse...

Nossa, o Ali G. é muito fantástico, muito mesmo!! Pra mim ele sempre deixou no chinelo o Pânico e até o CQC... Bom demais!!

Guilherme disse...

O comercial com o TD eh muito massa(o do cartao).

White_Crow disse...

mtu boa a seleção ai.....

dglhp disse...

o Ali G é f**a msm, muito massa esses posts da temporada de ócio da NBA.

Garfield disse...

Vocês esqueceram da propaganda do Dirk Nowitzki ligando pro trofeu da NBA dizendo que ama ele !

Ronin disse...

Hehehehee...o da escola da verdade é muito bom. Muita coisa boa está por vir.

Pedro disse...

Muito bom!!!!

Luiz disse...

esse aqui tb é bem legal

http://www.youtube.com/watch?v=Xvbuwfawqcc&feature=player_embedded